maio 15, 2006

"No silêncio da noite"

(In a lonely place, 1950 - Nicholas Ray)
Roteirista de cinema torna-se o principal suspeito do assassinato de uma balconista. Mas o depoimento de uma vizinha acaba por inocentá-lo. As investigações prosseguem e aquele álibi abre as portas para uma grande história de amor. O problema é que o acusado tem um temperamento agressivo, com uma ficha corrida de queixas na delegacia. A desconfiança vai-se infiltrando devagarzinho naquela relação. Nicholas Ray constrói um filme intrigante, arracando interpretações muito boas de Humphrey Bogart e Gloria Grahame e criando uma atmosfera de dúvida e tensão que envolve quem assiste, desde as primeiras cenas até o desfecho fabuloso.

7 comentários:

Anônimo disse...

Bogart sempre Bogart!! Quanto à lista dos 80, agora é torcer na grande final!! Te abraço,

Guiu

Demas disse...

É verdade, Guiu: aqui temos um Bogart tão intenso quanto o de "Casablanca". Quando será que sai o resultado dos melhores dos 80's? Abração.

Mateus Nagime disse...

Esse filme eu vi na Globo faz anos e adorei. Queria muito vê-lo em DVD. Realmente um dos melhores filmes do Bogart. Abraços!

Gabriel Carneiro disse...

Filmaço visto neste domingo.

E você mudou de endereço e eu nem fiquei sabendo.

Demas disse...

Mateus, comprei o dvd nas Lojas Americanas por 14,90. Ainda não tinha visto, mas Ray é uma boa referência, né? E Bogart, claro! Abração.

Muito bom mesmo, Gabriel. Quanto ao endereço, desculpa aí. Pensei que tivesse informado a todos os visitantes. Abração.

Harry_Madox disse...

Grande filme, de facto. Em Portugal chama-se 'Matar ou não matar'...!

Demas disse...

Sério, Harry? Quando li isso, pensei que você estivesse falando de "Rosencrantz & Guildenstern...". Abração.