janeiro 13, 2006

"Caiu do céu"

(Millions, 2004 - Danny Boyle)
Depois de covas rasas e extermínios, que surpresa esse novo Boyle. Não que eu não goste da versão - digamos assim - mais hard do diretor; adoro seus filmes anteriores, com exceção de "A praia". O que surpreende em "Caiu do céu" é sua candura de fábula moderna: as aventuras de dois irmãos que - com a morte da mãe - mudam de casa para fugir do passado e se envolvem com uma dinheirama que cai - literalmente - do céu na semana em que o euro passará a ser a moeda oficial do Velho Continente. Trocando em miúdos: eles têm poucos dias para torrar todas aquelas libras antes que elas virem um amontoado de papel sem valor. O que qualquer criança faria com aquilo tudo é fácil imaginar; o que surpreende é a postura de Damian (o irmão mais novo, vivido magistralmente pelo ator-mirim Alexander Nathan Etel, uma autêntica revelação) que, de tanto se interessar pela vida dos santos, tem atitudes quase divinas. O garoto é a alma do filme. Suas conversas imaginárias (?) com os representantes das alturas celestiais (que aparecem em situações bem mundanas, diga-se de passagem) são puro deleite, tanto pelo teor dos diálogos quanto pelo visual das cenas. E a coisa pega fogo de vez quando o dono da fortuna aparece. É difícil relatar o que se destaca mais nesse longa: a fotografia é deslumbrante, o uso da música beira a perfeição, o elenco está afinado (destaque para o garoto Etel, faço questão de frisar novamente), o roteiro é envolvente, a direção conduz a história com graça, objetividade e leveza... Sem sombra de dúvidas, "Caiu do céu" é um grande filme, dos melhores do Boyle e de 2005.

6 comentários:

O Puto disse...

Quanto ao Danny Boyle, teve 2 casos muito felizes (os primeiros) e 2 muito infelizes (os últimos). Este ainda não vi.
Só mais uma pergunta: eras o anfitreão do blog "Sol de Ícaro"? Se sim, benvindo de volta. Ano Novo, Vida Nova. Abraço!

Demas disse...

Puto, de "A praia" eu não gostei não; mas adorei "Extermínio (28 days later)". Você não gostou dele? Abração.

O Puto disse...

Para te ser sincero, gostei ainda menos do "28 Days Later" do que d'"A Praia". O filme até começa bem, mas depois é sempre a descer. Em termos de filmes recentes com a temática zombie, prefiro de longe o último do George A. Romero.

Demas disse...

Não vi o último Romero, logo, não dá para comparar. Mas discordo de você: para mim, "28 days later" não perde o ritmo em momento algum. Gosto dos atores, gosto dos cenários... e confesso que levei bons sustos. Mas beleza, problema nenhum em você não ter gostado. Viva a diferença. Abração.

Wallace Andrioli Guedes disse...

Esse Caiu do Céu não passou no cinema aqui em JF. Por acaso já chegou em dvd ? Gosto do Boyle, acho Extermínio bem legal e devo ser um dos únicos seres vivos no mundo que não acham A Praia uma bomba.
Atualizei meu blog, com a crítica do Soldado Anônimo. Dê uma passada lá, se possível.

Demas disse...

Wallace, acho que "Caiu do céu" ainda não chegou ao mercado de dvds. Quanto ao "A praia", disse que não gosto, mas o filme está longe de ser uma bomba. Não vi no cinema (de tanto que detonaram - ops!); assisti em dvd e não achei ruim do tanto que falaram. Só não é dos meus Boyles preferidos. Ainda não vi "Soldado anônimo". Abração.